Siga-nos

Perfil

Expresso

Está Dito

Lamento dizê-lo, um ato de egoísmo face a uma economia que está a esforçar-se enormemente para recuperar e sair da crise."

Paulo Portas. O líder centrista destacou os incómodos para os cidadãos e acrescenta que "uma greve de quatro dias, em cima do fim do ano, é evidentemente um prejuízo enorme para uma empresa que não vive dias fáceis". Os 12 sindicatos afectos à TAP formalizaram na quarta-feira um pré-aviso de greve de quatro dias, entre 27 e 30 de Dezembro, contra a privatização da empresa. TSF, 12/12/2014