Siga-nos

Perfil

Expresso

Está Dito

"Faço parte da família Espírito Santo e não aceito que se proceda a um julgamento coletivo de natureza sanguínea"

José Maria Ricciardi. Terça-feira, na comissão de inquérito parlamentar ao caso BES, o presidente do BESI sintetizou na sua declaração de abertura que não aceita culpas que não tem e admitiu ter denunciado as irregularidades no banco ao supervisor.

Rejeitou ainda ter recebido por esse facto qualquer "contrapartida" do Banco de Portugal, ao contrário do que sugerira Ricardo Salgado, presidente do BES, ouvido anteriormente. "Isso é uma infâmia", disse Ricciardi.

"Diário Económico", 10-12-2014