Siga-nos

Perfil

Expresso

Está Dito

“Já não há paciência, desculpem-me a vulgaridade da palavra, para gajos e gajas da religião”

Frei Fernando Ventura, intérprete na Comissão Teológica Internacional da Santa Sé

Questionado sobre o papel dos líderes religiosos na construção da paz, o frade franciscano capuchinho considera que estes “têm de deixar de ser líderes religiosos para passarem a ser homens e mulheres de fé”, sustentando que “este é o tempo para passar da religião à fé”, “porque as religiões matam”.TSF online, 19/04/2018