Siga-nos

Perfil

Expresso

  • 333

Está Dito

“Não era exigível nem compreensível que nós viéssemos aqui dar um número mágico”

António Costa

No final de uma visita de quase seis horas à ilha da Madeira quando questionado pelos jornalistas sobre os valores em concreto que o Governo da República vai disponibilizar para o apoio à região, o primeiro-ministro afirmou a impossibilidade de avançar com um número sem que a avaliação dos danos esteja feita. TSF online, 12/08/2016