Siga-nos

Perfil

Expresso

Eurico Carrapatoso

Uma vez perguntaram a Sophia de Mello Breyner uma daquelas coisas terríveis que por vezes calham: qual era, em sua opinião, o mais belo poema alguma vez escrito? E ela respondeu isto: “Penso muitas vezes que o ‘Magnificat’ é talvez o mais belo poema que existe. É um poema que anuncia, que não canta apenas a terra como Homero. Entre dois mundos, na encruzilhada da história, uma mulher levanta-se e diz o poema da ‘Salvação’”. Sophia não estava só nesta sua escolha.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)