Siga-nos

Perfil

Expresso

As pirâmides

  • 333

Foi um precipitar de acontecimentos dolorosos que ela começou por enfrentar cheia de firmeza, mas, à medida que o tempo passava, sentia-se a suster o rompimento de um dique, esmagada já pela montanha de água e entulho que parecia sepultar o que restava da sua vida. Na última semana, uma das suas netas tinha morrido imprevistamente, e dias depois ela cai ao sair de casa. Faz fratura do colo do fémur, é operada de urgência e colocada numa clínica de uma pequena povoação, no campo. Os indicadores dizem que ela está bem, a recuperar, mas ela não pensa assim.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)