Siga-nos

Perfil

Expresso

Cartas a um jovem poeta

  • 333

Percebe-se bem que Etty Hillesum tenha lutado para incluir na pequena mochila com que entrou no campo de concentração um exemplar de “Cartas a um Jovem Poeta”, de Rainer Maria Rilke, e que este pequeno livro pontue, como uma amarra, o seu diário: dias felizes quando, apesar de tudo, consegue ler daqui algumas páginas; dias desamparadamente cinzentos quando isso lhe é proibido. História semelhante é relatada pelo escritor Stig Dagerman a propósito de um Rilkegruppe: um pequeno aglomerado de mulheres, prisioneiras nos campos de extermínio, reunia-se para ler sussurrando trechos de Rilke.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI