Siga-nos

Perfil

Expresso

O céu e o inferno

  • 333

Esta não é exatamente uma crónica sobre topografia teológica, embora esse possa ser, como é sabido, um motivo cultural fascinante. Mas interessou-me um outro aspeto: a constatação perturbadora, por nós todos experimentada, de que, na prática, as polaridades representadas pelo céu e pelo inferno não são afinal opostas, como se esperaria. Com algum desconcerto descobrimos, vida fora, que elas são, ao contrário, terrivelmente semelhantes.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI