Siga-nos

Perfil

Expresso

A desconhecida voz do real

  • 333

As sociedades agredidas sentem que o seu dever é defender-se, é responder imediatamente à altura do sofrimento e da barbárie que desabou sobre elas. E, de facto, uma resposta clara tem de ser dada. Não podemos desistir, porém, da tentativa de um diagnóstico mais recuado, que possa ser preventivo em relação à violência e às suas raízes. E por uma razão simples.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI