Siga-nos

Perfil

Expresso

Saudades para 
Alberto Vaz da Silva

  • 333

Uma vez encontrei uma citação de Proust que me ajudou a entender o Alberto Vaz da Silva. Tratava-se de um prefácio ao primeiro livro de Paul Morand, e Proust dizia que o leitor poderia sentir alguma dificuldade na compreensão daquela obra, mas por uma razão decisiva: Morand procurava nada menos do que uma nova relação com as coisas. Sei que em Alberto Vaz da Silva é precisamente isso que se joga.


Para continuar a ler o artigo, clique AQUI