Siga-nos

Perfil

Expresso

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Diretor de Informação da SIC

Deixem o emprego em paz

  • 333

Os números que o Governo agora brande sobre emprego exigem uma incrível dose de malabarismo e desfaçatez. Mas o PS não se pode esquecer da sua miserável contribuição para o crescimento do país

Qual foi o país da zona euro que menos cresceu na primeira década do século? Por acaso foi a Itália de Berlusconi, mas o Portugal de Guterres, Barroso e Sócrates ficou logo atrás, numa sucessão de falhanços dessa ‘década perdida’.

Nessa época, uma das promessas eleitorais mais risíveis foi a da criação de 150 mil empregos, com direito a número certo, feita por José Sócrates. Essa ideia era triplamente estúpida: além de ser sobre uma matéria que nenhum governo controla, é facilmente mensurável e, para terminar, muito instável.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI