Siga-nos

Perfil

Expresso

Pedro Mexia

A Grande Parada

Marchas, multidões, bandeiras. "A Grande Parada" (1925), de King Vidor, é um dos primeiros filmes cépticos quanto ao belicismo, e em especial quanto à Guerra de 14-18. É-nos apresentada a vida quotidiana, comezinha, de vários americanos, e de repente passamos a um tempo especial, diferente, terrível. A princípio, o ideal guerreiro ainda gera ilusões, os homens belos nos uniformes, dizem as suas namoradinhas, em marchas, multidões, bandeiras, um entusiasmo não se sabe de quê, estando os campos de batalha longe, do outro lado do oceano, em terras desconhecidas.

 

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI.