Siga-nos

Perfil

Expresso

Amar pelos dois

Os historiadores do cinema dizem geralmente que, na América, entre a época do mudo (a época da audaciosa Dorothy Arzner) e os anos 70 (a década da meteórica Barbara Loden), só houve uma cineasta digna desse nome. Nasceu em 1918, faleceu em 1995 e tinha o nome chandleresco de Ida Lupino.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)