Siga-nos

Perfil

Expresso

Chiado

Gosto muito daquele ideal queirosiano de uma quinta no Douro com porta para o Chiado. Estar dentro e fora, no centro e a bom recato; no bulício e no remanso. Acontece aborrecer-me com Lisboa, querer ir embora daqui, mas depois Lisboa faz-me falta, não consigo estar duas semanas em mais lado nenhum. E volto a este pequeno mundo a que chamo, numa metonímia intempestiva, “Chiado”.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)