Siga-nos

Perfil

Expresso

O último dos Hussardos

Michel Déon, um dos quatro hussardos, costumava dizer que “os hussardos nunca existiram”. Eram apenas “um pequeno grupo que recusava etiquetas”. A imprensa sartriana é que inventou essa designação, baseada no título de um romance de um dos quatro, “Le hussard bleu” (1950). Os hussardos são forças de cavalaria ligeira, de origem húngara, conhecidas pelos seus uniformes vistosos. Mas hussardos eram também Julien Sorel e Fabrice del Dongo, personagens-chave de Stendhal.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)