Siga-nos

Perfil

Expresso

Um nobre selvagem

  • 333

Há dias, em Nova Iorque, Martin Amis, Jeffrey Eugenides e Ian McEwan, entre outros, participaram numa homenagem pública que assinalou o centenário de Saul Bellow, falecido em 2005. Para marcar a efeméride também foram publicados um substancial volume com a não-ficção de Bellow, “There Is Simply Too Much to Think About”, e o primeiro tomo de uma ambiciosa biografia. Cem anos depois do seu nascimento, Bellow é ainda admirado por muitos, embora menorizado por outros tantos. 

Para continuar a ler o artigo, clique   AQUI