Siga-nos

Perfil

Expresso

E depois do diabo

Esta semana, o PSD parece ter deitado para o caixote de lixo da história o essencial do seu discurso do último ano e meio. A ilegitimidade da “geringonça” e o preanuncio da chegada do diabo deixaram de ser o alfa e o ómega da narrativa da direita. Estamos perante um upgrade, mas que tem igualmente problemas. Agora, para Passos Coelho, o ponto passou a ser outro: o crescimento económico é uma herança da governação anterior e a atual maioria não tem capacidade reformista.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)