Siga-nos

Perfil

Expresso

O mundo de amanhã

2016 prova que é difícil prever o futuro imediato. 2017 será, de novo, um ano de incerteza radical, mas há transformações que tenderão a intensificar-se. O que irá acontecer nas democracias liberais serão manifestações destas mesmas tendências. Destacaria três que contrastam com o mundo de ontem.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)