Siga-nos

Perfil

Expresso

A escolha de Jerónimo

Numa organização como o PCP, que valoriza tanto o coletivo e que é, de facto, um partido com posições estáveis, que não navega ao sabor dos humores mediáticos, nem se deixa levar pelo canto de sondagens conjunturais, poderíamos ser levados a pensar que as lideranças contam pouco. Mas é um erro. No passado, o partido foi muito marcado pela orientação de Cunhal, da mesma forma que a evolução do PCP nos últimos 12 anos não é separável da liderança de Jerónimo de Sousa.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)