Siga-nos

Perfil

Expresso

Guterres e nós

  • 333

É inteiramente justa a onda avassaladora de elogios a António Guterres. As suas qualidades políticas e intelectuais são inequívocas e, apesar de menos notada, a sua agenda, que combina realismo com humanismo, fará diferença. Num mundo movido por cinismo, termos um secretário-geral das Nações Unidos humanista e com experiência de dez anos a lidar com o drama absoluto dos refugiados não é coisa pouca. Mas e se esta unanimidade disser menos sobre Guterres e mais sobre nós, portugueses?

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)