Siga-nos

Perfil

Expresso

À espera do diabo

  • 333

O dossiê Caixa é a mais complexa das heranças recebidas pela “geringonça” e aquela que foi sendo mais mal gerida politicamente. Complexa em si e por força da inércia do Governo anterior, aliado de uma troika que optou por manter os problemas do sistema bancário em pousio, para ficcionar uma saída limpa politicamente conveniente. Mas também complexa, porque, depois do que se sabe sobre o desencadear da crise financeira, capitalizar bancos é matéria politicamente tóxica. Poucos assuntos devem gerar tanto arrependimento nas cabeças de Catarina Martins e Jerónimo de Sousa como resgatar bancos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)