Siga-nos

Perfil

Expresso

Claro que tem custos

  • 333

Se tiver de escolher o efeito mais pernicioso dos anos da troika, não hesito: a recomposição das relações de poder. Os mais fracos perderam e os mais fortes ganharam músculo. Foi assim na distribuição de rendimentos, em todas as esferas da vida social e particularmente notório no mercado de trabalho. Não só os rendimentos se transferiram para o capital como se assistiu a um crescimento da capacidade de exercício de poder por parte dos empregadores, muito por força da precariedade dos vínculos — uma chaga que afeta desproporcionalmente os jovens. Nos últimos anos, o desemprego aumentou e os que preservaram o emprego têm piores condições laborais e trabalham mais horas por menos salário.

para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)