Siga-nos

Perfil

Expresso

O tempo no PSD

  • 333

Passos Coelho encontra-se numa situação singular. Líder quase hegemónico do seu partido, representante popular de uma certa visão política, teve nas legislativas um resultado superior ao esperado. Contudo, o tempo joga contra ele, na medida em que a sua viabilidade política depende de uma crise governativa e de uma degradação da situação económica e social. Com crise antes das autárquicas, o ex-primeiro-ministro pode voltar à cadeira de São Bento. Se a situação se mantiver estável no próximo ano e meio, o prazo de validade de Passos Coelho esgota-se.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI