Siga-nos

Perfil

Expresso

A narrativa e as propostas

  • 333

Depois de meses sob a acusação de que não tinha uma alternativa, o PS de António Costa encontra-se numa posição singular: já apresentou compromissos de tal forma detalhados que, agora, o problema é outro — tornou-se difícil processar a sua linha programática. Estamos perante uma daquelas singularidades em que a política portuguesa é pródiga. 

Para continuar a ler o artigo, clique   AQUI