Siga-nos

Perfil

Expresso

Conseguirá a África vencer?

  • 333

Depois de anos de subida em flecha, os preços das matérias-primas vêm caindo a pique desde meados de 2014. Este declínio é hoje em média de mais de 50%. Desde 2011, os preços estão pela metade. Isto é bom para a maioria dos países europeus que são importadores de petróleo e metais, do café ao algodão. São más notícias para muitos países africanos que são os maiores produtores dessas matérias-primas. Estes países vendem hoje os seus produtos a um preço que é apenas uma fração daquele que praticavam há poucos anos. E por este meio dá-se uma transferência de riqueza, através dos mercados, de África (e de outros países produtores de matérias-primas) para os países ricos e industrializados.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI