Siga-nos

Perfil

Expresso

A arte de tirar coelhos da cartola

No seu muito esperado e adiado discurso para explicar o que quer dizer “Brexit é Brexit”, a PM britânica, Theresa May, defendeu a versão hard do ‘Brexit’. Basicamente, o que ela quer é pôr fim à entrada de cidadãos europeus no espaço britânico — um princípio essencial que vigora em todos os países da UE. Pode dizer-se que foi para isso mesmo que os partidários do ‘Brexit’ exigiram o referendo e o venceram, e, portanto, não há nada de estranho nas palavras de Theresa May. O problema é que, à medida que eles e ela se vão apercebendo de todas as consequências políticas e económicas desta escolha, vão também tentando ensaiar o milagre britânico: sair do clube dos 27, afastando tudo o que não gostam mas mantendo aquilo de que gostam: o mercado comum de 500 milhões de consumidores, que atrai os investimentos à City de Londres, salvaguarda a indústria inglesa e sustenta as empresas exportadores, garantindo preciosos postos de trabalho, sobretudo na Escócia e na Irlanda do Norte.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)