Siga-nos

Perfil

Expresso

Trump e a derrota das elites

  • 333

Como todos, também eu me esforço por tentar compreender de onde vem a popularidade de Donald Trump, transformada numa ameaça mundial, clara e assustadora. Mas não é fácil compreender o fenómeno, e nem a impopularidade de Hillary Clinton, mesmo entre os democratas americanos, serve para a justificar. Trump, diz-se, é o anti-Clinton e tudo o que ela, real ou supostamente, representa — Washington, Wall Street, o establishment ou, como o próprio Trump os designa, “the politicians”. Mas também é anti muitas outras coisas que já são mais preocupantes. E seguramente que não é a herança de Obama que justifica a popularidade de Trump.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)