Siga-nos

Perfil

Expresso

Quando é que este pesadelo tem fim?

  • 333

Primeiro foi o BPN: seis mil milhões de euros roubados aos contribuintes. Logo a seguir veio o BPP, mas aí só perderam os clientes. Depois, foi o BES: outros seis ou sete mil milhões. Quando se julgava que já se tinha visto tudo, eis que aparece a ‘surpresa’ do Banif: mais três mil milhões. A seguir veio o Montepio, cujo custo ainda está por apurar. E, enquanto ainda se discute o estouro do Banif, eis que chega a Caixa: três mil milhões em injecções de capital e empréstimos do Estado perdidos, mais quatro mil milhões subitamente necessários para a sua recapitalização. E ainda falta a conta do Novo Banco: os prejuízos acumulados desde a resolução até à venda ou à nacionalização. O pesadelo não tem fim. De cada vez que tentam levantar timidamente a cabeça, a economia e os contribuintes são arrasados pelo assalto fiscal e bancário.

para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)