Siga-nos

Perfil

Expresso

O milagre da rosa

  • 333

Eu não chorei uma lágrima pelo defunto Governo e certamente não lamentarei nunca o seu fim. Faço a justiça de reconhecer ao Governo PSD/CDS o facto de ter governado numa conjuntura diabólica — mas que foi a que escolheram e na qual governaram mal. Nunca saberemos se o PEC4, de José Sócrates, teria evitado a intervenção externa, como sucedeu em Espanha. Mas sabemos que tinha o apoio de Bruxelas e de Angela Merkel (que é quem manda em Bruxelas) e, que, pelo menos, nos teria comprado tempo. E sabemos — e eles sabiam — que a consequência imediata do chumbo do PEC4 era a queda do Governo e o apelo ao auxílio externo. Quando a direita e o centro-direita se juntaram numa indecorosa aliança com a extrema-esquerda para derrubar o Governo socialista, sabiam que estavam a chamar a troika.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI