Siga-nos

Perfil

Expresso

Riade traça novo rumo

  • 333

O ano começou com uma surpresa desagradável para os ministérios dos Negócios Estrangeiros dos países europeus. No dia 2, Riade executou Nimr al-Nimr, um dos líderes xiitas mais influentes da Arábia Saudita. O clérigo xiita foi detido em julho de 2012 e condenado à morte em outubro de 2014. A sua execução gerou enorme indignação no Irão e nas várias comunidades xiitas em países árabes. A embaixada saudita em Teerão foi pilhada e incendiada. As relações diplomáticas e comerciais entre o Irão e a Arábia Saudita foram cortadas. No meio de todo este ruído político e diplomático, a pergunta que interessa é: o que levou Riade a escolher o início de 2015 para executar Nimr al-Nimr?

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI