Siga-nos

Perfil

Expresso

Tempos difíceis

  • 333

Portugal fechou para a campanha eleitoral. Os partidos e os candidatos a primeiro-ministro dão o seu melhor para convencer os portugueses de que estão em condições de controlar os acontecimentos. A política, a economia e a finança internacional são abolidas. Estes são os dias em que Lisboa se transforma na capital de uma superpotência capaz de moldar o mundo às suas necessidades e ambições.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI