Siga-nos

Perfil

Expresso

Viragem europeia

  • 333

As eleições na Dinamarca, a difícil negociação sobre o futuro da Grécia na zona euro e as escolhas que a NATO fez esta semana dizem-nos que há um novo mapa político na Europa. Copenhaga confirma a crise da social-democracia na Escandinávia. Se tivermos em conta os índices de prosperidade e felicidade nestas sociedades, como explicar o sucesso de conservadores, populistas ou céticos em relação à UE? 

Para continuar a ler o artigo, clique  AQUI