Siga-nos

Perfil

Expresso

Martim Avillez Figueiredo

Salário mínimo cresce à custa do médio

Bruxelas veio esta semana dar um valente puxão de orelhas ao Governo por avançar com o aumento do salário mínimo. Curiosamente, os argumentos que invocaram são os mesmos que Mário Centeno (sim, eis de novo o economista escolhido por António Costa para desenhar a sua estratégia eleitoral) também esgrime desde 2011: os riscos desse aumento parecem ser bem maiores do que os seus benefícios.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI