Siga-nos

Perfil

Expresso

O mistério da Azinhaga dos Gafanhotos

Era um dia muito importante na vida dos três arguidos. Finalmente conseguiam ser julgados por um crime de roubo, num tribunal com três juízes, o que era uma antiga ambição do grupo. Estarem ali sob o olhar severo dos juízes e da procuradora, ou talvez até nem fosse tão severo, dada a banalidade do crime. Mas, pronto, finalmente realizada a aspiração de responderem em tribunal. Tinham tirado, por meio de esticão, a reforma de 700 euros a uma idosa de oitenta anos, em peripécias atribuladas, o que lhes deu direito àquela conseguida acusação.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)