Siga-nos

Perfil

Expresso

O meu IRS é só meu

  • 333

Portugal acaba de se juntar aos países civilizados. Depois de, em 2013 e 2014, o Governo ter anunciado que andava a estudar uma reforma fiscal, em que incluiria a possibilidade de, no caso dos indivíduos casados, cada um ter a faculdade de preencher separadamente o formulário do IRS e de separadamente pagar o que lhe competia, eis que este ano recebi das Finanças um papel em que finalmente era considerada uma pessoa diferente do meu marido. Note-se que a anterior situação era quase inédita na Europa: só em França e no Luxemburgo eram os casais obrigados a entregar os formulários em conjunto.

para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)