Siga-nos

Perfil

Expresso

Que tal criar guetos para pobres?

  • 333

Os colégios privados subsidiados pelo Estado estão em pé de guerra. Não admira. O montante que o Estado lhes tem dado não é despiciendo: no ano passado, por cada turma receberam 80.500 euros. A Associação de Estabelecimentos do Ensino Particular acaba de declarar que, se o Executivo puser em prática a anunciada política, 57% dos colégios correm o risco de fechar as portas, uma vez que consideram insuficiente a atribuição da verba anual de 139 milhões de euros. Em 2013, o FMI pronunciou-se negativamente sobre o sistema de ensino português, declarando que o melhor seria entregar os meninos a escolas privadas através de “contratos de associação”, enquanto, pelo caminho, se despediam 30, 40 ou 50 mil docentes da rede pública.

para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)