Siga-nos

Perfil

Expresso

Eu, eles e o Fisco

  • 333

Não é a primeira nem será a última vez que sou criticada por familiares e amigos por pagar escrupulosamente os meus impostos. Para muitos portugueses, quanto menos dinheiro se entregar ao Estado melhor. Reconheço que, ao desleixar os seus deveres, o poder político ajuda a esta missa. Mas, ao não declararem ao Fisco o que ganham, os faltosos estão a fazer com que eu pague a dobrar. O mesmo se passa com as fortunas que decidiram navegar pelas Caraíbas: furtando-se ao imposto no país, obrigam-me a mim, que vivo do meu trabalho, a pagar impostos mais elevados. Isto irrita-me.

para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)