Siga-nos

Perfil

Expresso

Dúvidas perigosas

Esta semana foi notícia o facto de o ministro das Finanças português ter sido sondado sobre a disponibilidade para presidir ao Eurogrupo. Percebe-se o porquê da sondagem. Se o lugar vier a estar vago foi porque se considerou que o atual presidente não reunia condições para o desempenho da função depois de ter manifestado, em termos impróprios e intolerantes, como encara os países do Sul.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)