Siga-nos

Perfil

Expresso

O mal e a caramunha

  • 333

O Parlamento Europeu pronunciou-se recentemente sobre a necessidade de alteração das linhas orientadoras da política económica da Europa porque dificilmente a coesão europeia resistirá ao desemprego e às suas consequências sociais. Considera que a prioridade é o crescimento económico, o que equivale a minimizar a importância do valor das décimas do défice orçamental e torna incompreensível a atitude da Comissão Europeia perante o nosso orçamento.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI