Siga-nos

Perfil

Expresso

É só fumaça

  • 333

Bardamerda prò fascista. Se fosse vivo, e o saudoso almirante lhe cedesse os direitos da inocente frase, o patrão Harry Warner, um dos irmãos fundadores da Warner Bros, teria como se defender do jovem crítico politizado. O jovem crítico politizado, português ou francês, até nova-iorquino, com os seus 45 anos adolescentes, transpira ódio ao gajo do dinheiro. Apanhou a palavra “fascista” a sair da boca de Godard e tomou conhecimento de que a indústria — Hollywood, claro — se humilhou perante o desprezável enjoo senatorial que foi Joseph McCarthy, medíocre anticomunista da Guerra Fria.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)