Siga-nos

Perfil

Expresso

Era um homem

  • 333

Não conheço nenhum americano que beba Pernod. Só ele, já velho, para desenjoar do mar de whisky e tequila em que passara anos a boiar. Apresento-vos Robert Mitchum, um rio tranquilo. Talvez, por isso, podia beber sem limites. O realizador Sydney Pollack diz que Bob bebia o dia todo sem que o nível de consciência e comportamento se alterasse.
Menino bem-nascido, nasceu cansado.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)