Siga-nos

Perfil

Expresso

Cortavam nos beijos e na boa perna

  • 333

No fim da minha última crónica, Estaline queria matar John Wayne e Hitler tinha ao colo os sete anões de Disney. Dizia eu: aos ditadores fascistas e comunistas une-os o gosto pelo cinema. Americano, claro. Hitler era um maníaco dos filmes de animação. “Mickey Mouse” foi, além da “Branca de Neve”, a sua inspiração e Goebbels, num gesto de roedora ternura, ofereceu-lhe num Natal 12 filmes do virginal Rato Mickey. Estaline gostava de westerns e de filmes de gangsters. Ao conquistar Berlim, roubou a colecção de filmes de Goebbels, que juntou à sua, em jubilosa comunhão estética.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI