Siga-nos

Perfil

Expresso

007 contra Steve Jobs

  • 333

Já é uma lenda. Imprima-se a lenda. Steve Jobs queria fazer um arrasador anúncio ao novo iMac. Pensou em Sean Connery. Não precisam de clicar em Connery: aos mais esquecidos recordo que, se alguma coisa é, ele é Bond, James Bond. A admiração de Jobs por Bond era uma admiração de hossanas e aleluias. Jobs pensou mesmo que o iMac se podia chamar Double-O-Mac, como quem diz, 007-iMac. Sean Connery mandou bugiar o iMac e a Apple. Connery tem uma vocação estética que só lhe leva os olhos para obras de arte. Nunca tirou, por exemplo, os olhos do esplendor barroco de Ursula Andress, essa erótica Torre dos Clérigos.

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI