Siga-nos

Perfil

Expresso

G20, China e indústria em África

  • 333

Há cerca de um mês, dias 4-5 de setembro, realizou-se em Hangzhou na China mais uma Cimeira do G20. Este é o ‘novo centro de poder’ mundial e que deve a sua legitimidade à crise de 2008. É, portanto, incontornável no que diz respeito à discussão da agenda económica mundial. Com África no seu pensamento, uma dose de marketing nunca é de se perder e muito menos em encontros deste nível. Assim, a China convidou a estar presente (regra usual) o Chade (presidência da União Africana), o Senegal (que preside ao programa continental africano Nova Parceria para o Desenvolvimento de África) e o Egito

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)