Siga-nos

Perfil

Expresso

Estado de (des)graça

O grande inimigo deste Governo, como da generalidade de todos os outros, é o tempo, não a oposição. Durante dezoito meses António Costa e os seus aliados de esquerda alimentaram-se do passado, da herança de Passos Coelho, pintada e retocada com as cores negras da austeridade. Desde o dia 17 de junho que esta aliança política passou a ter o seu próprio passado. Não pela terrível tragédia em si, mas pelo que ela representa no virar de um ciclo. Será cada vez mais difícil a este Governo invocar o anterior sempre que toma alguma medida ou acontece alguma coisa, seja ela má ou boa. E há sempre, agora como antes, coisas que estão a acontecer ou vão acontecer.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)