Siga-nos

Perfil

Expresso

“Deixai toda a esperança, vós que saís”

  • 333

O inferno de Dante e o inferno europeu têm sentidos opostos. O primeiro está à entrada, o segundo na saída. Na “Divina Comédia”, o letreiro colocado pelo poeta à entrada do inferno avisava: “Deixai toda a esperança, vós que entrais”. O inferno da Europa comunitária começou com a saída da Inglaterra. Nos dois casos a esperança fica à porta. Neste caso fica na porta que a partir de agora vai separar o que sai e os que ficam.

para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)