Siga-nos

Perfil

Expresso

A fatura que vamos pagar

  • 333

Segundo Mário Centeno (“Expresso”, 6 de fevereiro) a substituição de impostos diretos por impostos indiretos promove o crescimento. Como? Eu gostava de saber, gostava mesmo muito, quando, como e em que circunstâncias o aumento de impostos, sejam eles diretos ou indiretos, promove o crescimento. Uma carga fiscal excessiva sobre a economia nunca é amiga do crescimento. Nem em Portugal nem em lado nenhum.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI