Siga-nos

Perfil

Expresso

Um Orçamento alegre

  • 333

Isto com a esquerda a elaborar orçamentos é muito mais divertido. No tempo de Passos Coelho era uma coisa sorumbática. Vinham uns técnicos da troika, fechavam-se no Ministério das Finanças, acertavam o texto com os técnicos portugueses e já estava. O único momento de turbulência passava-se no Parlamento. Agora, não. O primeiro Orçamento socialista é uma festa.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI