Siga-nos

Perfil

Expresso

O regresso da política

  • 333

Durante quatro anos e alguns meses o discurso político foi dominado pela crise económica e financeira. Só se discutiu austeridade, a troika, défice orçamental e dívida. De um lado da barricada estavam os que queriam salvar Portugal da bancarrota e do outro os que tinham lançado o país na dita. Passos Coelho foi incapaz de produzir pensamento fora do guião imposto pelos credores e a oposição centrou aí o seu combate. Na aparência tudo se resumia a um confronto entre a austeridade e os seus adversários. Nada mais falso. A austeridade, como se verá, foi apenas um pretexto para o combate político. A política vai ser agora um pretexto para manter a austeridade.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI