Siga-nos

Perfil

Expresso

Nicolás Muller

  • 333

No meio do marasmo geral sempre se vai vendo alguma (boa) fotografia internacional. Depois dos preciosos dípticos de John Divola na Pedro Alfacinha (uma das melhores exposições fotográficas de 2015) tivemos Arno Rafael Minkkinen (incluindo a novidade de uma fotografia a cor) na Barbado Gallery. (Duas imagens de Minkkinen integraram “À Prova de Água”, no CCB, em 1998.) Temos ainda a oportunidade de ver em Cascais a obra de Nicolás Muller (1913-2000), um judeu húngaro que acabou por se fixar em Espanha. (Podia ter ficado em Portugal, mas a PIDE não deixou.)

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI